fbpx

COVID-19: EMPRESA DE AUTOPEÇAS ADOTA MEDIDAS QUE PRIORIZAM A SAÚDE DOS COLABORADORES NO AMBIENTE DE TRABALHO.

Imagem Principal
Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp

 

A pandemia do covid-19 mudou vários aspectos do cotidiano sociedade, inclusive o trabalho. Nessa nova realidade, diversas empresas estão enfrentando o desafio de continuar funcionando em meio a um cenário que afeta toda a sua rotina. Esse desafio é ainda maior para empresas em que nem todos setores podem funcionar em home office. 

Preocupadas com a saúde de seus colaboradores, diversas empresas estão reorganizando toda a cadeia de produção, para assegurar que seus funcionários possam trabalhar em segurança. Um exemplo desse tipo de iniciativa ocorre na Tagia, empresa capixaba do ramo de autopeças importadora das marcas: Takao (peças para motor) e Volda (peças para suspensão), que desde o início da pandemia no Brasil vem adotando medidas de prevenção contra o covid-19, além do acompanhamento da saúde física e mental de seus colaboradores.

Informações e mudanças na dinâmica de trabalho. 

As primeiras medidas adotadas pela empresa foram as conversas com os funcionários e a distribuição de materiais informativos sobre prevenção e sintomas do covid-19, junto com orientações sobre como proceder em casos onde uma pessoa que more na mesma casa contraia a doença. Além disso, a Tagia também diminuiu a circulação de pessoas na empresa, deslocando para home office todos os setores em que as atividades pudessem ser realizadas dessa forma. 

Caso um funcionário ou familiar apresente algum sintoma de covid-19, a Tagia contratou um laboratório para que o colaborador e seus familiares realizem os exames necessários na própria residência. Os resultados são obtidos em dois dias, dando maior celeridade ao diagnóstico.

Cuidado com os colaboradores em atividades presenciais. 

Para os colaboradores que ainda precisam se deslocar até a sede da empresa para trabalhar, a Tagia organizou uma logística de carona coletiva para os funcionários que moram próximos uns dos outros. Aqueles que moram longe de algum colega de trabalho que possua carro ou em regiões mais distantes, vão ao trabalho por meio de motoristas de aplicativos, com o preço da corrida custeado pela própria Tagia. 

Todos os funcionários que atuam de forma presencial na Tagia passam constantemente pela aferição de temperatura e de saturação de oxigênio, o que auxilia na identificação de suspeita de covid-19 ou pneumonia. Também foram produzidas mais de 4 mil máscaras personalizadas, para serem distribuídas entre funcionários, clientes e familiares. 

Além disso, a Tagia investiu na instalação de protetores de acrílico em setores compartilhados da sede da empresa. Dessa forma, os colaboradores mantêm uma distância segura sem abir mão do contato visual uns com os outros, para que não se sintam isolados, o que contribui também para a saúde mental durante o trabalho.

Assistência que vai além da preocupação com o trabalho. 

Junto com as medidas de prevenção contra o covid-19, a Tagia também investiu em ações para promover o bem estar entre seus funcionários, como a contratação de uma assistente social, caso algum colaborador necessite de auxílio desse tipo de profissional. Além disso, a empresa também já fez parceria com um profissional de corte de cabelo para atender aos funcionários em um local arejado na sede da empresa e também está viabilizando a contratação de um personal trainer e a aquisição de aparelhos de ginástica para que todos possam realizar atividades físicas em um espaço específico também na Tagia.

INFORMAÇÕES

Facebook

VÍDEO

NEWSLETTER

© Copyright 2019 │ Volda – Confiança em Suspensão │ Todos os direitos reservados.